As luzes do celular e do computador prejudicam a pele?

Não adianta fugir e se proteger apenas da radiação solar. Luzes do celular, notebook e outros dispositivos também são responsáveis pelo envelhecimento precoce, surgimento de rugas, manchas e até a flacidez!

 

Como isso acontece?

 

A luz dos parelhos eletrônicos que utilizamos possui a radiação eletromagnética, que aumenta a liberação de radicais livres no organismo, que danificam as células saudáveis e promovem envelhecimento precoce da pele. No rosto, os sinais mais comuns são linhas finas, rugas, manchas e flacidez. A luz visível ainda intensifica quadros de melasma e afeta, principalmente, peles sensíveis e muito claras.

 

Como amenizar os efeitos?

 

A melhor forma de prevenir os danos causados pela luz emitida por aparelhos eletrônicos é apostar na proteção diária da pele, utilizando o antioxidante e filtro solar. Enquanto o antioxidante neutraliza os radicais livres, o filtro intensifica a proteção, principalmente as versões com cor.

 

Você também pode acrescentar ingredientes específicos em séruns ou cremes anti-idade para ajudar nessa proteção na sua rotina de beleza. Esses itens podem ser utilizados em duas situações: de manhã, após limpeza e tonificação e antes do protetor solar; e à noite, após limpeza e tonificação, em um sérum anti-idade.

 

 

Deixe uma resposta