Estrias têm solução?

Inevitáveis e extremamente incômodas, as estrias são problema de muitas pessoas devido à sua dificuldade em sair. Por isso, fica a dúvida sobre a remoção das estrias é possível, se há tratamento e o objetivo deste é justamente esclarecer essas dúvidas. Então continue lendo para saber mais!

 

O que são as estrias?

As estrias são lesões da pele em forma de linhas rosadas ou esbranquiçadas, deprimidas ou discretamente elevadas. As lesões inicialmente são linhas arroxeadas/avermelhadas que com o tempo tendem a ser tornar mais claras.

Podem ocorrer devido a fatores hormonais, a um rápido crescimento, gravidez, ganho de peso, aumento excessivo dos músculos por exercícios físicos exagerados ou o uso prolongado de corticosteróides tópicos. Elas podem ter espessura e/ou largura variáveis e são mais frequentes nas nádegas, coxas, abdome, ombros e costas.

Dá pra prevenir?

Se a causa não for genética, sim, as estrias podem ser evitadas com alguns cuidados bem práticos com o corpo, como:

 

  1. Hidratar o corpo com dermocosméticos hidratantes indicados pelo dermatologista;
    2. Beber cerca de dois litros de água por dia;
    3. Praticar exercícios físicos regularmente;
    4. Evitar a ingestão de doces, gorduras, sal em excesso;
    5. Investir em uma alimentação com frutas, legumes e verduras.

 

É possível remover as estrias?

 

A estria é uma lesão de caráter estético, sem gravidade e não tem cura.

 

Uma vez formada, ela não desaparece completamente, mas com procedimentos clínicos e cuidados diários, as marcas podem ser amenizadas. O ideal é tratar logo que as estrias aparecem, na fase em que são recentes, rosadas. Existem vários tipos de tratamentos: tópicos com cremes e formas manipuladas, com lasers, luz intensa pulsada, IPCA (Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas), MMP (Microinfusão de Medicamentos na Pele), que podem ser usados de forma isolada ou em associações. Além disso, também existem vários tratamentos para estrias mais antigas.

 

Deixe uma resposta