Vale a pena tomar colágeno?

O colágeno é uma proteína produzida pelo nosso próprio corpo a partir de aminoácidos presentes nos alimentos. Ele está na nossa pele, tendões, cartilagem e tecidos conjuntivos. Podemos dizer grosseiramente que é como uma “cola” que mantém nosso corpo firme. Na pele, é o que dá aquela carinha mais gordinha e sem rugas da nossa juventude.

Com o envelhecimento, a produção de colágeno é reduzida. Por volta dos 30 anos o corpo pode sofrer uma perda anual de aproximadamente 1% e aos 50 anos, a produção média de colágeno passa a ser apenas 35%.

Alguns estudos de 2018 mostram que há evidências de melhora da pele, da redução de sintomas de artrite e impacto na redução de massa magra para quem consome a proteína, e isso criou um mercado gigante de suplementos nos EUA e no mundo. Antes de mais nada, a fonte prioritária de matéria prima para o corpo produzir colágeno deve vir dos alimentos: carnes, ovos, peixe e frango, principalmente, e outras fontes vegetais como feijão, lentilha, quinoa, linhaça.

Como escolher um bom colágeno?

Com tantas opções disponíveis no mercado é comum ter dúvidas. Como uma dica geral, prefira o colágeno hidrolisado porque ele é melhor absorvido e atente para dosagem necessária, 8-12 g (média 10g), ou opte pelo Verisol que por passar por uma segunda etapa, esse colágeno pode ser utilizado em dosagens menores 2,5g.

Deixe uma resposta